Notícias

Preservação do Rio Balsas é dabatida durante V Seminário Revitalização dos Rios Maranhenses

A 5ª edição do Seminário “Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes”, aconteceu nessa sexta-feira (22), na cidade Balsas.

O evento faz parte do programa SOS Águas do Maranhão, idealizado pelo senador Roberto Rocha e o Instituto Cidade Solidária (ICS), com co-realização do Movimento Ensinando e Aprendendo (MEA).

O evento foi prestigiado por estudantes, universitários, professores, profissionais de diversas áreas, além da comunidade balsense que participou ativamente das discussões.

As atividades técnicas contaram com palestras e mesas redondas, cujo tema foi o meio ambiente, o uso racional da água e as medidas que devem ser tomadas para a revitalização dos rios e nascentes, com foco no Rio Balsas, um dos mais importantes do estado.

A primeira palestra foi proferida pelo analista de Desenvolvimento Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF), Thiago Melo, que apresentou as principais ações e o planejamento da Codevasf para a Bacia Hidrográfica do Parnaíba.

Durante o intervalo entre os painéis, houve a apresentação cultural das alunas do Centro Educacional Doce Infância, que emocionou o público com a apresentação “Salve o Nosso Planeta”. Em seguida, o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Rios Balsas (IDERB), Miranda Neto, dirigiu o painel com o tema: “O Uso Consciente e Práticas Sustentáveis Para o Rio Balsas”. Durante a apresentação foram expostos os principais problemas que estão contribuindo para a degradação do rio, como queimadas, esgotos, poluição nas margens, lixo doméstico, entre outros.

“Fizemos uma expedição esse ano e nos deparamos com uma agressão enorme às nascentes do nosso rio. A cada ano, o volume do Rio Balsas está diminuindo e nós ficamos temerosos em perder esse que é o maior patrimônio do nosso povo”, disse Miranda Neto.

A última apresentação do seminário foi realizada pelo vice-presidente da Associação em Defesa da Cachoeira do Macapá (ADCMA), João Carlos Cardoso, que fez uma breve apresentação da associação, e explanou sobre os problemas enfrentados na região da cachoeira.

Na oportunidade, representando o senador Roberto Rocha, o ex-deputado e chefe do escritório do senador, em São Luís, Clodomir Paz, fez um resumo das ações e projetos que o parlamentar está viabilizando no Senado Federal. Entre outros projetos, ele citou o exemplo da ZEMA, projeto que visa potencializar as condições portuárias criando uma área de livre comércio no Porto do Itaqui.

Para o coordenador do seminário, Liviomar Macatrão, além de proporcionar a troca de experiências entre a sociedade e o Poder Público, o programa SOS Águas do Maranhão, que tem o seminário como uma de suas ações, tem o objetivo de ouvir a sociedade para que ações efetivas possam ser tomadas em prol dos rios e nascentes. Segundo ele, essas ações já estão acontecendo por meio de projetos e emendas do senador Roberto Rocha, que estão sendo deslocadas para os municípios que são banhados principalmente pelas bacias do Parnaíba, Itapecuru e Mearim.

“O SOS Águas do Maranhão é um programa macro e que vai além de discutir propostas e estratégias para a recuperação dos rios maranhenses. Ao longo dos seminários, já apresentamos vários estudos que estão sendo desenvolvidos em parceria com o senador Roberto Rocha, com a Codevasf, com os municípios e o governo federal, a exemplo dos Diques da Baixada, estudos e estações de tratamentos das espécies de peixes, além da presença do Batalhão de Engenharia do Exército Brasileiro, que vai fazer o trabalho de revitalização dos nossos rios”, esclareceu.

Já o vice-prefeito de Balsas, Celso Henrique, parabenizou a iniciativa do seminário:

“O senador Roberto Rocha e toda a sua equipe estão de parabéns por estarem percorrendo os municípios para tratar de um tema de tamanha relevância para todos nós. Hoje, mais do que nunca, precisamos estudar formas de manter, preservar e aumentar o nível de água dos nossos rios, pois temos problemas não só com a bacia do Parnaíba, mas com todas as do Maranhão”, alertou.

Como ocorre em todos os eventos, a coordenação do seminário fez a entrega dos alimentos arrecadados no ato da inscrição. A instituição beneficiada foi o Lar São Vicente de Paula, que abriga idosos e que hoje é mantido unicamente pela Prefeitura e pela Igreja Católica.

A mesa de abertura foi composta pelo coordenador do seminário, Liviomar Macatrão; o vice-prefeito de Balsas, Celso Henrique; o superintendente da 8ª Regional da Codevasf, Jones Braga; o chefe do escritório do senador Roberto Rocha em São Luís, Clodomir Paz; Tenente Sonny Mateus, representando o Exército Brasileiro; o diretor do Campus da UFMA de Balsas, professor Francisco da Conceição (Chicão), o prefeito de São Félix de Balsas, Márcio Pontes e o vereador Nelson, representando o Poder Legislativo de Balsas.

O seminário teve o patrocínio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), da Prefeitura de Balsas, Banco do Nordeste (BNB) e Caixa Econômica Federal (CEF). O evento teve ainda a colaboração do Instituto de Defesa Rio Balsas (IDERB).

Reporter Cidade

Shopping Na Cidade

programa chegai

google play

Enquete

Você é a favor da legalização dos táxis-lotação?